top of page
Buscar
  • Foto do escritorEderson Guimarães

ANEEL reajusta valor das bandeiras tarifárias; maior alta é de 50% na bandeira amarela



A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) um reajuste nos valores da bandeira tarifária amarela e da bandeira vermelha, nos patamares 1 e 2.

O maior reajuste ocorreu na bandeira amarela, que passou de R$ 1 a R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) – uma alta de 50%. O patamar da bandeira vermelha 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh, alta de 33,3%, e o patamar 2 da bandeira vermelha passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos, alta de 20%.

O reajuste servirá para adequar o valor do custo extra a ser cobrado dos consumidores em períodos em que a produção de energia ficar mais cara. O objetivo é que a arrecadação com as bandeiras fique o mais próximo possível do valor extra gasto com a geração de energia.



Quando você tem sua própria geração de energia, você fica livre destes aumentos arbitrários Se a bandeira estiver amarela, a geração própria também será amarela, e assim sucessivamente, de acordo com a bandeira vigente.

Como consequência, os impostos e a taxa de Iluminação Pública também diminuem, proporcionalmente ao tanto que você consumir das concessionárias.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page